quarta-feira, 10 de junho de 2015

Saiba mais sobre a "Dermatite Atópica"...

BLOG DA PATRICIA CRAVEIRO

Dermatite Atópica é uma doença crônica comum da infância e muito frequente no inverno.
Ela causa inflamação da pele, levando ao aparecimento de lesões e coceira.

Acomete geralmente indivíduos com história pessoal ou familiar de atopia (por exemplo: asma, rinite alérgica ou dermatite atópica).  Essas três doenças são conhecidas como as doenças atópicas ou triade atópica.

A causa exata da Dermatite Atópica é desconhecida. No entanto, atualmente se sabe que não é uma doença contagiosa, e sim uma doença de origem hereditária.

Uma criança que tem um dos pais com uma condição atópica tem aproximadamente 25% de chance de também apresentar alguma forma de doença atópica. Já uma criança com os dois pais com doença atópica, tem mais de 50% de chance de também apresentar doença atópica.


Na infância, as lesões de pele são avermelhadas e localizam-se na face, tronco e superfícies externas dos membros. Nas crianças maiores e adultos, as lesões localizam-se mais nas dobras do corpo, como as flexuras de pescoço, cotovelos e atrás dos joelhos. Em casos mais graves, a Dermatite Atópica pode aparecer de forma mais difusa e generalizada.




A pele seca é a característica principal e representa um dos fatores que mais contribuem para a piora da Dermatite Atópica.

Para prevení- la, deve-se tomar certos cuidados na hora do banho, que deve ser rápido, com água morna, evitando-se o excesso de sabonetes e buchas.


hidratação da pele é essencial, principalmente nos três minutos logo após o banho, antes que a água que está na pele se evapore, quando a absorção cutânea é mais efetiva. 

Fonte de consulta:
AADA (Associação de Apoio à Dermatite Atópica). 
www. aada.org.br

Cuide com carinho da pele de suas crianças e consulte sempre o dermatologista para maiores orientações ou condutas.

Até breve,

Dra.Patricia Craveiro



quinta-feira, 7 de maio de 2015

NUTRICOSMÉTICOS: As famosas pílulas da Beleza!!

BLOG DA PATRICIA CRAVEIRO

As pílulas ou cápsulas da beleza estão no auge da moda, muitas celebridades divulgam o seu consumo diário, almejando principalmente o seus efeitos anti aging.




São temas de discussão em aulas de muitos congressos dermatológicos, como na RADLA 2015 que participei em Lima-PERU. Falou-se muito por lá do uso dermatológico dos pré biótipos e dos pró bióticos e seus efeitos cutâneos de melhora da qualidade da pele.

Essas pílulas têm um nome especial, chamadas no meio dermatológico de NUTRICOSMÉTICOS ou NUTRACÊUTICOS, que nada mais são que suplementos medicinais contendo algumas vitaminas, minerais, elementos anti oxidantes e anti radicais livres, pró bióticos e pré bióticos. 

"Os estudos atuais apontam as ações hidratante, firmadora, anti radicais livres, e anti aging destas pílulas, com a função de promover bem estar e saúde."

Principalmente quando associadas aos cremes tópicos de tratamento e procedimentos dermatológicos específicos, estas pílulas são grandes aliadas no nosso arsenal dermatológico de prescrição médica, auxiliando na melhoria da qualidade da pele, cabelos e unhas, retardando o envelhecimento da pele. 

Existe muito marketing com relação ao assunto, e por se tratar de um suplemento, recomenda-se que sejam prescritas por médicos especialistas que entendam do assunto!



A dica é tomar cuidado com a auto medicação e o uso indiscriminado, pois muitas vezes podem prejudicar a saúde do indivíduo e até ter efeitos colaterais quando utilizadas em excesso. 

Consulte sempre o seu dermatologista antes de se aventurar no uso de qualquer suplemento de beleza!!

Até breve,

Dra. Patricia Craveiro


sexta-feira, 13 de março de 2015

Que tal ter unhas bonitas e saudáveis ?

BLOG DA PATRICIA CRAVEIRO

A síndrome das unhas frágeis é uma alteração inespecífica que se caracteriza por diminuição da resistência ungueal. No entanto, antes de simplesmente se contentar que as suas unhas são frágeis, deve-se descartar com o dermatologista outras causas orgânicas que podem afetar as unhas e merecem tratamentos específicos. 

As unhas frágeis afetam até 20% da população, principalmente do sexo feminino. Suas causas ainda não foram completamente elucidadas, mas acredita-se que a síndrome tenha origem tanto vascular, quanto física ou traumática

Inclua o AMENDOIM na sua dieta... Fica a dica !!



A alimentação saudável pode ajudar a fortalecer as unhas, através da ingestão adequada de BIOTINA.

A BIOTINA é também conhecida como vitamina Hvitamina B7 ou vitamina B8.

Ela é uma vitamina hidrossolúvel e funciona também como uma coenzima. É reconhecida cientificamente a sua atuação no mecanismo fisiopatogênico que regula a formação da pele, cabelos e unhas.

A biotina pode ser adquirida através de muitos alimentos e da fermentação de bactérias intestinais. 

O organismo humano é incapaz de sintetizar suficiente biotina na sua forma ativa absorvível. Portanto, ela tem de ser suplementada através da alimentação. 

Em alguns casos, pode ser prescrita pelo dermatologista a suplementação através do seu uso oral em cápsulas, sempre de acordo com a necessidade e a avaliação clínica do médico especialista. A auto-medicação deve ser evitada! 

Lembro que podemos fazer a nossa parte ingerindo os nutrientes por meio de alimentos naturais, suplementando desta forma a biotina com o auxílio da boa alimentação. 

Não há uma RDA ( recomendação diária de administração ) oficial para ingestão da biotina, mas sugere -se que 30 mcg por dia é uma quantidade apropriada para um adulto.

Segue dicas de alimentos que possuem biotina:



                                          TABELA DE CONTEÚDO DE BIOTINA NOS ALIMENTOS

ALIMENTOS                                                                                                                     PESO                   BIOTINA                      

                                                                                                                                         (gramas)                 (mcg)      

Amendoim ***

72  

73  ***

Avelã

68

51

Amêndoa

78

34

Noz picada

60

11

Isolado de proteína de soja

28,4

8,5

Ovo cozido

48 - 50

8,1

Castanha de caju

65

8

Iogurte com pouca gordura

245

7,4

Batata-doce

128

5,5

Acelga cozida

88

5,3

Salmão cozido

100

5

*** alimento mais rico em Biotina 



Percebam que o AMENDOIM é um dos alimentos mais ricos nesta vitamina!  

Vamos lembrar da importância do amendoim, tão comum nos petiscos e nas sobremesas deliciosas da nossa culinária brasileira! Consuma com moderação pelo seu alto teor calórico !

Outras opções de alimentos também ricos em biotina são bem- vindos na dieta !! 

Atenção : O consumo de clara de ovo crua induz à deficiência da biotina, pois a avidina (proteína da clara) se liga à biotina, impedindo a sua utilização pelo organismo. 

A alimentação saudável e equilibrada pode auxiliar na beleza da pele, cabelos e unhas!



Consulte sempre o seu dermatologista para esclarecer quaisquer dúvidas sobre desordens ou alterações das unhas! 

Até breve,


Dra Patricia Craveiro. 



quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Alimentos ricos em LUTEINA mantém a pele e os olhos saudáveis!

BLOG DA PATRICIA CRAVEIRO

A luteína é um carotenoide, importante antioxidante que possui efeitos benéficos na pele prevenindo o envelhecimento celular e protege ainda dos efeitos da luz azul que pode manchar a cútis e piorar o melasma por exemplo. ( A luz emitida pelas telas de TV, computadores e monitores contém luz azul, que penetra nas camadas mais profundas da pele ).
Além disso, a luteina atua prevenindo o processo de degeneração macular relacionado à idade        ( DMRI ), uma das principais causas de cegueira no mundo, atingindo a população acima dos 55 anos de idade. ( A DMRI é uma doença degenerativa e progressiva que atinge principalmente a área central da retina, a mácula, responsável pela focalização e nitidez das imagens ).
A ingestão oral de luteína pode ser feita através do consumo de alimentos ou por suplementação do mesmo em cápsulas. Existem atualmente diversos suplementos prontos em farmácias, conhecidos como nutricosméticos, que contém este ativo na sua composição.


Recomenda-se consumir no mínimo 10 mg de Luteína por dia para ter os seus benefícios na pele e manter a saúde ocular.
Couve, Espinafre e Brócolis são os mais ricos em Luteína. 
Vamos incluí-los na nossa dieta com mais frequência?
Basta comer por dia: 
1 xícara de couve (crua ou cozida), ou
1 xícara de espinafre ( cozido ), ou 
3 xícaras de brócolis ( cozido ).

Veja os alimentos ricos em luteína e a quantidade (em mg) por porção:

Couve (cozida): 33.8 mg / 1 xícara
Couve (crua): 22.1 mg / 1 xícara
Couve portuguesa (cozida): 17.2 mg / 1 xícara
Espinafres (cozida): 15 mg / 1 xícara
Espinafres (frescos, crus): 6.7 mg / 1 xícara
Brócolis (cozida): 3.4 mg / 1 xícara
Milho (cozido): 2.9 mg / 1 xícara
Ervilhas (enlatadas): 2.3 mg / 1 xícara
Alface: 1.5 mg / 1 xícara
Milho (enlatado): 1.4 mg/ 1 xícara
Ovos: 0.5 mg / 2 médios
Feijão verde: 0.76 mg / 1 chávena
Polpa de laranja (concentrado congelado): 0.50 mg / 340 gramas
Laranja: 0.49 mg / 2 médias
Mamão Papaia: 0.45 mg / 2 médios
Tangerinas (frescas): 0.40 mg / 2 médias

A alimentação rica em legumes, hortaliças e frutas tem excelente efeito antioxidante e ajuda a manter você sempre bonita e saudável.

Converse sempre com o seu médico para orientar qualquer suplementação oral com cápsulas. 

Até breve, 

Dra Patricia Craveiro.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Chapéu: um acessório de moda que protege a pele contra os danos do Sol !

BLOG DA PATRICIA CRAVEIRO 

A escolha do modelo adequado de chapéu deve ser levada em consideração quando o assunto é fotoproteção.

Os chapéus de aba circular são os mais recomendados, pois protegem a região da nuca. ( Atenção: os bonés oferecem pouca proteção nesta área ). 
Além disso, a trama do tecido interfere no grau de proteção, sendo recomendadas as tramas mais fechadas. Atualmente existem tecidos com tecnologias modernas que acrescentam à trama do tecido substâncias com poder de filtrar a radiação UV. 




Na hora de escolher o seu, é importante saber:

O tamanho da aba é o principal determinante do grau de proteção contra a radiação UV !!!!!

Segundo o consenso brasileiro de fotoproteção, chapéus com abas circulares grandes, de tamanho maiores que 7,5 cm podem oferecer uma proteção comparável ao uso de um filtro solar tradicional :
- no nariz, FPS 7
- nas regiões malares ( bochechas ), FPS 3
- no pescoço, FPS 5
- no mento ( queixo ), FPS 2

Por outro lado, chapéus de abas médias entre 2,5 cm e 7,5 cm podem oferecer a seguinte proteção:
- no nariz, FPS 3
- nas regiões malares ( bochechas ), FPS 2
- no pescoço, FPS 2
- no mento ( queixo ), FPS insignificante, ou seja, nenhuma fotoprotecão !



O uso de chapéus é um grande aliado na proteção contra os danos da radiação UV.
Este acessório ajuda proteger melhor a pele do rosto e de áreas delicadas como orelhas, pescoço e couro cabeludo (principalmente de indivíduos calvos).

As tendências de moda podem andar de mãos dadas com os cuidados de fotoproteção.

Até breve,

Dra Patrícia Craveiro

( Fonte de consulta: Consenso Brasileiro de Fotoproteção )