BLOG
BLOG DA PATRICIA CRAVEIRO


O Microagulhamento é um procedimento natural de regeneração da pele baseado no uso de micro agulhas. Esta técnica age de forma construtiva (mais fisiológica), podendo ser utilizado em qualquer tipo de pele, de acordo com a indicação do dermatologista.
Utiliza-se um disco contendo inúmeras microagulhas estéreis em uma estrutura de rolamento.
O comprimento das agulhas do "Roller" variam de 0,5 a 2,0 milímetros. A escolha do comprimento é feita pelo dermatologista baseado na indicação do tratamento e no tipo de pele de cada paciente.   
Cerca de apenas 70 % do comprimento das agulhas penetram efetivamente na pele durante o microagulhamento.  
O equipamento é descartável, utilizado uma única vez em cada paciente.
 


É indicado especialmente para melhoria da flacidez de pele facial e corporal, coadjuvante no tratamento de melasma, no tratamento de estrias e cicatrizes atróficas de acne. A pele fica com os poros diminuídos, mais macia e viçosa.

Atualmente é muito utilizado com o intuito de facilitar a entrada de potentes ativos dermatológicos através dos pequenos pertuitos que as agulhas fazem durante sua micro perfuração na pele (chamada terapia com DRUG DELIVERY).

Pode ser utilizado associado a peelings químicos ou máscaras faciais contendo ativos dermatológicos potentes, vitaminas e fatores de crescimento.  

Tem vantagem de ser procedimento realizado em consultório, com custo relativamente baixo, em geral muito bem tolerado pelos pacientes no quesito dor durante o procedimento.

O discreto desconforto durante as micro puncturas na pele pode ser amenizado com o uso prévio de uma máscara de anestésico tópico por 30 minutos antes do início do procedimento.    

Além disso, tem um período curto de recuperação, geralmente os pacientes retornam ao trabalho e suas atividades da rotina diária logo em seguida ao procedimento.
 
A expectativa é de melhora da qualidade da pele após primeira sessão (1 mês após).
Em geral, sugere-se 3 a 7 sessões de tratamento, variando a necessidade de acordo com cada caso.
 
 
 
 
 
 

Entenda melhor o que é Drug Delivery e Indução Percutânea de Colágeno: 

Ao microagulhar a pele, a epiderme e derme são perfuradas superficialmente, criando múltiplos micro canais, através dos quais se utilizam topicamente formulações com princípios ativos à base de fatores de crescimento e peptídeos nanoencapsulados que penetram nestes micro orifícios com maior efetividade. Isso é o chamado Drug Delivery.

Ocorre também durante o microagulhamento a estimulação direta da derme pela agulhas, com consequente renovação do colágeno. Além disso, ocorre maior estimulo de  angiogênese, que ajuda no tratamento de rejuvenescimento.  Isso  é denominado Terapia de Indução Percutânea de Colágeno.

 
A recuperação após o procedimento:

A possibilidade de complicações é remota e temporária, principalmente se for realizada por um dermatologista habilitado para a técnica.

O que pode ocorrer  mais frequentemente são vermelhidão da pele de duração variável ou algumas manchas roxas temporárias.
 

POR QUE TANTO SE FALA SOBRE A TERAPIA “DRUG DELIVERY” ?

A possibilidade de ingredientes ativos penetrarem a primeira barreira epidérmica (camada córnea) durante um aplicação tópica superficial de um cosmético é aproximadamente de 0.03% por aplicação. Devido as características especiais das células da epiderme, como a queratinização, mesmo essa quantidade de penetração não é alcançada todas as vezes no uso tópico superficial.  

Sabe-se que os múltiplos micro canais fracionados que o MICROAGULHAMENTO produz na pele aumentam enormemente a taxa de penetração eficaz de ativos na derme e epiderme. Além disso, os ingredientes ativos presentes nos produtos de tratamento de pele podem alcançar as partes mais profundas da pele com mais eficiência, se comparados aos cosméticos aplicados de maneira tópica no uso pessoal do dia a dia.

O Drug Delivery então traduz-se por um novo sistema de entrega transdérmico dos ativos dermatológicos e cosméticos.

 
 
POR QUE TANTO SE FALA EM TEAPIA DE INDUÇÃO PERCUTÂNEA DE COLÁGENO ?
 
O microagulhamento estimula uma cicatrização natural da derme. Isso induz uma maior produção natural de colágeno pela pele. Assim, observa-se o efeito da melhora da firmeza e elasticidade, assim como da flacidez da pele. 

Este procedimento pode recuperar a pele envelhecida ao estimular a produção natural de colágeno, de maneira semelhante as técnicas de ressurfacing, tais como as cirurgias a laser ou técnicas de Peeling. E ainda tem a   vantagem de menor risco de efeitos colaterais e mais rápido retorno as atividades habituais do dia a dia, sem tanto desconforto ao paciente.
 
 
 
 
 
Vantagens importantes:

O microagulhamento pode ser uma alternativa ao uso de LASER em pacientes que não se adaptam ao tratamento a laser ou que queiram ter um procedimento menos invasivo e com menos riscos, com retorno mais rápido as atividades cotidianas.

O MICROAGULHAMENTO promove mais de 500.000 micro canais em 5 minutos, com a profundidade até a derme, permitindo a maior penetração de ingredientes ativos.

Os discos agulhados criam um dano mínimo à derme, pois não remove a epiderme saudável, o que acontece com a aplicação de outras técnicas, como alguns tipos de LASER e alguns tipos de Peeling químico mais profundos. Pelo fato da epiderme ficar intacta, o período de cicatrização é rápido. Então mais colágeno pode ser produzido naturalmente.


 
Importante lembrar:
 
O Roller de micro agulhas deve ser manipulado por um médico treinado no microagulhamento.
Antes de realizar o procedimento, o dermatologista examinará a sua pele levando em consideração a idade, o sexo e o seu estado físico no momento. Assim, consegue oferecer ao paciente a melhor indicação do procedimento.
Além disso, o seu dermatologista tomará a decisão de usar ou não anestesia tópica antes do procedimento e a escolha da droga apropriada para aplicar em sua pele.
Procure sempre a avaliação em consultório com um dermatologista para maior esclarescimentos sobre suas
dúvidas. O dermatologista é sempre o seu melhor aliado !





Até breve,

Dra. Patricia Craveiro






0 Comentários