BLOG
BLOG DA PATRICIA CRAVEIRO

Produtinhos de beleza...  Será que crianças podem usar ?

A menininha vê a mãe se maquiando todo dia de manhã, pintando as unhas na manicure toda semana e comprando uma pilha de produtos para o cabelo, cremes corporais e perfume. Inevitavelmente, um dia ela querer participar da “brincadeira”.

Um alerta de especialista: Pode até parecer inofensivo deixar as crianças passarem um pouco de batom, mas o ideal é que isso aconteça com pouca frequência!

Atenção mamães e titias.... Os produtos de beleza que vocês usam na sua rotina, como base, blush, batom e esmalte não são indicados na infância !

A pele da criança é mais sensível que a do adulto e seu sistema imunológico não está maduro o suficiente para lidar com algumas substâncias. Os compostos químicos dos cosméticos podem ser absorvidos através da pele da criança, sendo responsáveis por sensibilizações e irritações cutâneas, alergias, coceiras, dermatites de contato e até mesmo manchas!

Os produtos para cabelo, como tintura e os usados em escovas progressivas, também devem ser evitados. Eles são absorvidos pelo couro cabeludo e podem danificar os fios, que são mais finos e frágeis. Pode ocorrer quebra da haste capilar ( o famoso "corte químico" dos fios ), distúrbios do couro cabeludo e queda capilar, algumas vezes gerando alopecia ( um tipo de calvície ).

Ah.... Uma coisinha importante : Fazer alisamento com secador, escova e chapinha, mesmo que o processo não envolva química, também só aconselhamos de vez em quando. Além de ressecar, eles podem causar queda de cabelo.

A vaidade das meninas, já sabemos, começa muito cedo... Cada vez mais cedo!

Muitas vezes é difícil encontrar o equilíbrio entre a arte de estimular os cuidados pessoais sendo um exemplo de beleza feminino para nossas meninas e o viés de estimular a adultização, com valores precoces de uma beleza sensualizada.

É muito fácil enxergar como nossas menininhas se espelham nas mulheres que elas amam... Por isso admiram tanto a maneira de se embelezar de suas mamães, titias e avós... E elas tentam fazer igual !

É claro que as crianças podem brincar de maquiagem ou andar com o sapato de salto da mãe de vez em quando, desde que elas o façam em clima de brincadeira. O ideal é não estimular a precocidade e sempre manter a inocência da brincadeira!



Deixem as meninas curtirem o tempo e as fantasias de infância ao máximo!

Tudo bem pintar a unha uma vez ou outra quando tiver uma festinha especial ( mas sem tirar as cutículas), passar um brilho ou batonzinho clarinho na boca quando for em um aniversário... até mesmo não se recrimina escovar o cabelo de vez em quando ... Mas lembro e enfatizo: Isso não pode ser uma rotina da criança!

Não aconselho sensibilizar a pele ainda imatura com esmaltes todas as semanas, aplicar batonzinho na escola todos os dias, nem pintar os cabelos!

Ter cuidado com uso de cosméticos é essencial durante toda a infância, principalmente até os 7 anos de idade. Mesmo produtos cosméticos ditos específicos para a criança, com registro no Ministério da Saúde, acreditem, podem provocar sensibilizações na pele, devido componentes antigênicos, substâncias de potencial alergênico, corantes, conservantes, perfumes, dentre outros.

Além das questões de saúde, há o problema da introdução precoce de valores estéticos!

 “Os pais precisam respeitar e valorizar a beleza individual dos filhos."

Uma menina não sabe que o cabelo liso esticadinho é mais legal, porém este valor social estético veio de um adulto.... alguém falou isso para ela. Se a criança faz escova progressiva com 7 anos, por exemplo, movida pelo padrão estético adultizado, ela nem terá a oportunidade de descobrir se gosta ou não do seu cabelo ao natural.

Precisamos nos preocupar com a formação da auto estima na infância, porque seguimos um padrão de beleza nem sempre realista.

Existem crianças mais quietinhas ou mais tagarelas lindas.... mais altas ou mais baixinhas lindas... super magricelas ou mais cheinhas lindas... loirinhas e moreninhas também lindas... de cabelinho liso ou cacheados igualmente lindas... banguelinhas ou com dentes já crescidos também lindas... de pele sem manchas ou sardentinhas lindas....

A gente vive brigando com esse padrão estético estereotipado e acaba passando isso para os pequenos que convivem conosco.

Vamos aceitar as diferenças e valorizar os vários tipos de beleza!

Até breve,

Dra. Patricia Craveiro



0 Comentários