BLOG
 área da Saúde é uma das mais afetadas pelas “fake news”, as notícias falsas. Não é dificil encontrar na internet receitas milagrosas, falsas curas e tratamentos sem nenhum tipo de comprovação científica. O paciente que cai nesta cilada pode acabar abandonando o tratamento indicado por um médico e agravar a sáude. É importante lembrar que não existem tratamentos milagrosos ou fórmulas mágicas. Só o médico pode fazer o diagnótico preciso, indicar um tratamento e ajudar o paciente a enfrentar a doença.
O problema das “fake news” é tão grande que o Ministério da Saúde criou até um canal para desmintir os boatos. Osaude.gov.br/fakenews ajuda a identificar as noticiais falsas.
O que fazer?
O primeiro passo é descobrir de onde vem aquela notícia. Uma dica importante é verificar se o site é confiáveil, se é de algum orgão competente, como a ANVISA ou Socidade Brasileira de Dermatologia. Páginas falsas geralmente não têm nenhum cuidado com a informção.
Dê sempre preferência a véiculos oficiais, como os de imprensa. Se alguma notícia “bombástica” não estiver em nenhum outro site, desconfie. Pesquise e muito!
Notícias falsas são nocivas em todos os contextos por isso não passe para frente. Nada de compartilhar boatos. O ideal é sempre consultar um especialista da área para você poder tirar as suas dúvidas. Fuja dos boatos! Conte comigo! Até a próxima

0 Comentários