BLOG
É só o calor começar para eles logo aparecerem: os pernilongos e com eles aquele barulhinho chato e muita coceira! Muita gente tem alergia à picada de insetos e não é só de pernilongos! Aranha, formiga, piolho e abelhas, quanto sofrimento!
As picadas podem se diferenciar entre aquelas que injetam veneno e aquelas que sugam sangue. Pernilongo, pulga e borrachudo sugam, já vespa, abelha, formiga e aranha injetam o veneno. São três as reações a picada de insetos. A reação tóxica, mais comum e simples, onde o local da picada fica dolorido, inchado e coça. A reação tóxica sistêmica, que é um quadro mais grave. Acontece quando uma grande quantidade de veneno é injetada na corrente sanguínea. A outra é a reação alérgica, mais grave e pode até matar.
Em alguns casos, surgem na pele algumas lesões elevadas avermelhadas e pequenas bolhas nas pernas e braços, além da coceira intensa. Esta alergia recebe o nome de prurigo estrófulo.
Para afastar os insetos você pode usar roupas protetoras, telas nas janelas, mosquiteiros, inseticidas e repelentes. Já o tratamento do estrófulo é feito com medicamentos para controlar a coceira.
Em casos mais simples, se você for picado por algum inseto, lave a região com água e sabão. Gelo pode aliviar a coceira e a dor. Evite coçar e use um creme hidratante ou vaselina para melhorar essa sensação. Mas se você for alérgico a estas picadas é sempre procurar ajuda.

Sinais de alergia 

•Vermelhidão e inchaço da parte afetada
•Dor ou coceira intensa onde houve a picada
•Saída de um líquido fluido e transparente pelo local da picada.

Repelente

O repelente pode prevenir picadas de pernilongos e borrachudos, mas não tem ação contra abelha, vespa e formiga, por exemplo.
O repelente é uma substância química e também pode provocar reações alérgicas. Por isso, deve ser usado com muito cuidado. É preciso seguir as orientações do fabricante e consultar um dermatologista para descobrir qual é o mais indicado para você.
O uso em crianças merece atenção redobrada. Bebês com até 6 meses só devem usar mosquiteiros e roupas protetoras. Para eles, não é recomendado nenhuma substância química e nem repelentes elétricos que tenham produtos químicos.
Só use produtos aprovados pelo Ministério da Saúde e procure orientação do seu médico. Conte comigo!

0 Comentários