BLOG
A música já diz: ’é dos carecas que elas gostam mais’. E eles, gostam disso? Para boa parte dos homens a calvície é problemão. As mulheres também sofrem, mas neles a incidência é maior. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a calvície afeta cerca de metade dos homens até os 50 anos. O problema não tem cura, mas tratamentos adequados ajudam a estacionar a calvície.

A calvície, ou alopecia androgenética,  é uma forma de queda de cabelo comum que atinge pacientes que já têm casos na família. As principais causas são a hereditariedade e os hormônios masculinos, especialmente a testosterona.

Os primeiros sinais podem aparecer logo na adolescência e fica mais aparente entre os 40 e 50 anos de idade. Os fios ficam mais finos e couro cabeludo mais aberto. No início do problema, as falhas aparecem perto da testa.

Nas mulheres a calvície pode estar associada ao ciclo menstrual irregular, acne, obesidade, entre outros. Nos homens as áreas mais abertas são a coroa e as famosas entradas.

Tratamento

É possível evitar a calvície com tratamento adequado. O tratamento indicado por um especialista estaciona o processo e ajuda a recuperar parte da perda. Entre as opções de tratamento estão os medicamentos, terapias capilares e até o uso de lasers,  que ajudam a estimular o crescimento dos fios.

O importante é saber que há tratamento para esse problema que incomoda todos. Nada de ir atrás de soluções milagrosas. Só um especialista pode ajudar a recuperar os fios.

A beleza dos seus cabelos também ajuda na sua autoestima! Cuide de você! Até o nosso próximo bate-papo!

0 Comentários